Quando os
pais dão a notícia que estão se separando parece que o mundo vai acabar, não é
mesmo?! Mas você precisa manter a calma! Sei que não é fácil passar por isso,
pois se acostumar com o que vai ser daqui pra frente dá medo. Aliás, não faz a
menor ideia de como será se um deles conhecer e casar com outra pessoa e tiver
um outro filho. Assim como não saber se a atenção que te davam vai continuar do
mesmo jeito ou não. Além disso, às vezes o divórcio não é amigável. Ou seja, o
que vai te deixar em uma corda bamba.

 

Por essas
e outras é que a separação dos pais pode ser um dos momentos mais difíceis de
sua vida. Mas, você não é a única(o) a passar por este problema. Então, fique
ligada(o) em todas as dicas para tentar lidar melhor com a situação.

 

♫ “… Quantos filhos choram a separação dos pais…” 

— Deus da Família – Ministério Sarando a Terra Ferida

 

Meus pais estão se separando por minha causa?

 

A
separação dos seus pais não é culpa sua! Mas é óbvio que você irá ficar triste
mesmo assim. Até porque o divórcio não faz parte dos planos de Deus. E a Bíblia
diz que Deus odeia o divórcio (Ml 2.16). É por isso que tanto você quanto eles,
sofrem as consequências ruins por essa escolha.

 

Às vezes
os seus pais estão se separando por ter tido traição de alguma das partes.
Sendo este o caso ou não, o importante é não guardar ódio ou rancor. Não deixe
que sentimentos ruins dominem. Não tente levar a dor do outro, isso faz mal.
Você precisa tentar levar esse problema como se não fosse seu. É claro que você
vai se envolver, mas libere perdão!

 

Com quem eu vou ficar?

 

Esse é um
dos primeiros dramas de quem vê os pais se separando. Então, você precisa
pensar se realmente não sabe com quem quer ficar ou se tem medo de chatear o
outro. Pois precisa pensar em você, como será sua vida daqui pra frente e isso
não é egoísmo da sua parte. Pense: Com quais dos dois sua vida irá mudar
menos? Visto que sua mãe ou o seu pai pode mudar de cidade. Porque você morando
em outra cidade e até mesmo em outro estado, vai mudar seu ciclo de amigos, mudar
de escola e tudo vai ser diferente.

 

Assim que
escolher com quem quer ficar, converse principalmente com quem você não
escolheu morar. Explique os motivos e que essa escolha não quer dizer que
prefere o outro, pois ama os dois.

 

O que fazer quando um começa a falar mal do outro
pra mim?

 

Às vezes
sua mãe começa a falar mal do seu pai ou vice-versa e até mesmo pode fazer de
você um “pombo correio” para mandar recado um para o outro. Que situação chata!
Mas não se permita ficar no meio da briga nem deixar que eles queiram que você
tome partido. Se ponha no lugar de filha(o) e diga que não quer entrar nesse
conflito. E que apesar do que aconteceu, você ama os dois e vai continuar
amando.

 

E se meu pai ou minha mãe se distanciar de mim?

 

Existem
casos que para superar o divórcio, os pais se distanciam dos filhos. Se acaso
esteja passando por esse problema, deixe bem claro que deseja eles por perto
fazendo parte de sua vida. Que sente falta deles. Além de passar mais tempo com
quem escolheu morar, inclua também a outra parte. Por exemplo, de segunda a
quinta você fica com sua mãe e de sexta a domingo com o seu pai.

 

Mas se o
seu caso é a distância que impede de ver um deles, então sempre mantenha o
contato pelas redes sociais e fazer uma chamada de vídeo. Lembre-se: Invista o
seu tempo, conte sobre sua vida e não se afaste nunca dos seus pais. Porque não
existe esse lance de ex-filho.

 

Cada casa tem uma regra diferente. SOCORRO! O que
fazer?

 

Por não
morar mais sob o mesmo teto, na casa de sua mãe pode ser mais flexível e na do
seu pai mais rígida ou vice-versa. No entanto, não tente tirar vantagem dessa
situação. O ideal a se fazer é conversar com dois e chegarem a um acordo sobre
divisão de tarefas, hora de chegar em casa, etc. Isso só vai mostrar para eles
que você está amadurecendo e sendo uma pessoa íntegra.

 

Se um deles começar a namorar e construir uma outra
família?

 

Se sua
mãe ou seu pai “partiu pra outra”, procure deixar o ciúme de lado. Tente
ser legal com a nova família e possíveis novos irmãos. Tenha uma relação
saudável com todos. Saiba dividir ainda mais o seu tempo. Mas se a madrasta ou
padrasto não for legal? Tente pensar: A pessoa realmente não é legal com você e
age de maneira diferente quando estão a sós ou apenas você não quer construir
laços com ela? Se a pessoa age mal com você conte para sua família. Você também
precisa ser respeitada! Mas se o caso for o medo de ter um elo, comece com
conversas pequenas e depois vai conhecendo a pessoa melhor.

 

A outra
família também é sua família, então respeite-a, mantenha o amor e a boa
convivência. Não guarde nenhuma mágoa. E se ponha no lugar de filha, pois se
perceber que estão ficando distantes, faça uma “cobrança” de forma madura. Faça
lembrar que você é filha e isso vai muito além de uma pensão. Não é porque você
não mora mais sob o mesmo teto que um de seus pais que eles estão isentos das
responsabilidades que os pais devem ter.

 

 

Quem já passou por isso tem outros dramas que não
mencionei ou deseja contar o seu caso? Tem alguma sugestão para aqueles que
assim como
você,
os pais estão se separando? Deixe o seu comentário!

 

 

Meu e-mail: abileneleite96@gmail.com

 

Meu Facebook | Meu Instagram | Meu Twitter

Gostou da postagem?! Então Comente! Para comentar é preciso estar seguindo o Blog!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *