Imagine um lugar onde você está
cercada de pessoas diferentes, você se sente deslocada e quer ser como eles
para não se sentir tão estranha naquele lugar. A partir desse momento você
observa as atitudes e ações do grupo e começa a imita-los para se sentir como
parte deles também. No entanto, você logo percebe que terá que fazer coisas que
não gosta de fazer para ser como eles – jogar futebol, por exemplo – e não é
tão legal quanto parecia ser no começo. Há pessoas que eram próximas de você já
dizendo que perdeu sua essência e que não é mais a mesma pessoa. No início, não
deu atenção para os comentários, mas com o passar do tempo você foi percebendo
que perdeu aquele velho “eu” e sentiu falta disso. Finalmente você reconheceu
que deveria ser você mesma e não dar importância para os que outros possam
dizer ou achar.
“Em tudo seja você mesmo.” (Tito
2.7a)

Quando uma pessoa diz para que
seja você mesma, ela está tentando te falar para ser autêntica e não uma “Maria
vai com as outras”. Você deve se aceitar do jeito que é, não importando os
padrões da indústria de beleza; claro não relaxando por conta da saúde, mas PP,
P, M, G, GG, EGG não definem o seu caráter. Fique feliz com o seu corpo, foi
Deus quem te deu para administrá-lo, por isso seja uma boa mordoma.
Ser você mesma é apreciar suas
qualidades e aceitar seus defeitos como são. Todas as pessoas do mundo têm
qualidades e defeitos; e você não é diferente disso. Você pode estar
aprimorando suas qualidades, ainda mais se são coisas que você sabe fazer, com
cursinhos que deem diploma na conclusão. E os defeitos? Sempre que for possível
melhorar no que for preciso. Mas tem certos defeitos que vão ficar ali com você
pra sempre, então peça a Deus para que saiba administrá-los da melhor maneira
possível.
Ser você mesma é assumir seus
valores e sua crença. Ter fé em Jesus Cristo não deve ser motivo de vergonha
pra você. As Escrituras Sagradas dizem: “Portanto,
todo aquele que me confessar diante dos homens, também eu o confessarei diante
de meu Pai, que está nos céus. Mas aquele que me negar diante dos homens,
também eu o negarei diante do meu Pai que está nos céus.”
(Mateus
10.32,33). Exponha o que você pensa baseado na Palavra de Deus a respeito de
determinados assuntos; não tenha medo
. Mas já vou logo te avisando, ser você mesma
às vezes custa um julgamento alheio. Sim, existem pessoas que não se alegram
com a nossa felicidade e nosso bem-estar. Eu já “perdi” vários “amigos” por me colocar
no lugar e não esconder minha fé em Cristo. Mas não dê importância para os
julgamentos.
Não comece a imitar as pessoas só
porque você acha popular ou algum outro motivo. Deus criou cada pessoa de
maneira diferente para diferentes propósitos. “Ora, assim como o corpo é uma unidade, embora tenha muitos membros, e
todos os membros, mesmo sendo muitos, formam um só corpo, assim também com
respeito a Cristo.”
(1 Coríntios 12.12).
E por fim, ser você mesma é
evoluir como pessoa. O que você pensa agora daqui a uns cinco anos você pensa
diferente. Permita-se progredir, mudar e crescer constantemente. Aproveite as
oportunidades para aprender, não deixe que o medo atrapalhe de você ter
experiências novas. Claro, tudo dentro da vontade de Deus.
E
a partir de agora vai ser você mesma? Deixe seu comentário!
Meu
e-mail: abileneleite96@gmail.com

Gostou da postagem?! Então Comente! Para comentar é preciso estar seguindo o Blog!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *