Chega
um momento da vida cristã que nos sentimentos desanimados e muito cansados com
a igreja local onde frequentamos toda semana. Eu acho que a maioria passa por
isso! A gente percebe que o desânimo toma conta da gente quando não se vê mais
a alegria de ir para o culto adorar ao Senhor. O que fazer nessas situações?
Será que é chegada a hora de mudar de igreja? Se você se sente assim, como num
beco sem saída, a postagem de hoje é para você.

Gostaria
de dar algumas situações diferentes com os meus conselhos baseados na Bíblia.
Tudo bem?

“Não gosto da
minha igreja! Pensei que na igreja não havia fofocas, brigas, lideranças
conturbadas e uma porção de coisas erradas. Estou realmente frustrada com tudo
o que tem acontecido. Com isso, tenho muito desânimo de congregar com os
irmãos, sabendo de tantos escândalos.”
Uma
coisa é bem verdade. Não poderiam existir fofocas, brigas, um tentando passar
por cima do outro, mas infelizmente isso existe no meio da igreja. O apóstolo
Paulo fala sobre esse tipo de coisa dizendo que são obras da carne e não do
Espírito Santo (Gl 5.19-21). Então por que acontece entre os irmãos em Cristo?
Às vezes a gente se esquece que a igreja é o conjunto de pessoas, e que essas
pessoas são pecadoras, tendo suas falhas e defeitos. A igreja é composta por
pessoas que estão maduras e outras que estão no comecinho da fé cristã. A
igreja é composta por pessoas convertidas e outras convencidas. Tudo isso
colabora para uma erva daninha brotar e gerar a desunião entre as pessoas (Hb
12.15). O que você deve fazer é ser paciente com os novos convertidos,
ensinando-os pelo caminho correto. Você deve exortar (aconselhar) todos com
amor (2 Tm 4.2). Você deve evitar ficar perto de gente encrenqueira, ou seja,
você pode até falar com a pessoa, porém você não tem aquela amizade forte, pois
isso levaria a você aprender esses costumes ruins (1 Co 15.33). Você não deve
deixar de frequentar a igreja por causa de algumas pessoas, você deve estar na
igreja por causa de Cristo.

“Não
deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas
encorajemo-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês vêem que se aproxima o
Dia.” (Hebreus 10.25)

“Já fui de
várias igrejas e já exerci em vários ministérios dentro da igreja. Entretanto,
hoje faço parte de uma igreja a qual não exerço o dom que o Senhor me deu, fico
no banco nos cultos pensando no que eu estou fazendo por lá, já que não tenho
nenhuma das funções que já exerci em outras igrejas. O meu desejo é trabalhar
na obra, mas lá eu não tenho oportunidade para isso. Estou pensando seriamente
em mudar de igreja, pois em outras a qual fiz parte, os líderes e até o próprio
pastor já me falaram que se eu voltasse para a igreja deles, eu teria como
ajudar na obra.”
Para
começar meu conselho, gostaria de fazer uma reflexão contigo… quero refletir
sobre as oliveiras. As raízes poderosas e compridas da oliveira podem chegar a
uma profundidade de seis metros, através do qual têm sempre a possibilidade de
obter água para o seu desenvolvimento. A sua raiz é subterrânea e fasciculada e
demora cinco a seis anos para uma oliveira dar frutos. O que eu quero dizer com
essa reflexão? Primeiro devemos procurar verdadeiramente a Cristo, entender a
Bíblia e a Deus e depois tentar fazer algo pela obra. É muito melhor criar raízes
fortes iguais as de oliveiras em uma determinada igreja, através de jejum
bíblico e oração, do que sair pulando de igreja em igreja a fim apenas de
“ajudar na obra” (seja cantando, tocando, dançando, e qualquer outra coisa que
fazia antes). Afinal, quem não está bem consigo mesmo e com Deus, não tem como
estar bem com a obra dEle.
 Portanto, sejamos oliveiras, criemos raízes, reguemos e
procuremos o nosso próprio alimento para que depois possamos dar frutos e
ajudar na obra de Deus. Não valorize o cargo que se tem na igreja mais do que
ao próprio Cristo. Em relação ao que alguns líderes possam ter falado a você, a
meu ver, esse “conselho” deles é uma forma disfarçada de dizer: “Vai para a
minha igreja que eu te dou um cargo melhor.”. E essa não é uma forma coerente
de viver o cristianismo, como já disse anteriormente com a reflexão das
oliveiras. E outro conselho muito importante: Ao invés de ficar se lamentando
no banco sobre não ter cargos ou oportunidades, já que quer tanto ajudar na
obra, evangelize, procure observar as carências que sua igreja tem e trabalhe
naquele local (mesmo que você ache que não tem habilidade para isto, pois
talvez Deus queira te ensinar a trabalhar em outra coisa além das que você já
fez), trabalhe também para que a igreja cresça (não só no sentido de números,
mas também na maturidade cristã das pessoas) e ore para que Deus esteja sempre
enviando pessoas para somar nesta obra.

“Portanto,
assim como vocês receberam Cristo Jesus, o Senhor, continuem a viver nele,
ENRAIZADOS e edificados nele, firmados na fé, como foram ensinados, transbordando
de gratidão.” (Colossenses 2.6,7)

“Vejo que minha
igreja não tem pregado coisas bíblicas, tudo lá está uma bagunça e eu não me
sinto bem estando no meio dos irmãos. Já tentei conversar com a liderança e até
mesmo com o pastor sobre isso, mas não obtive resultados positivos. E isso tem
me deixado desanimado, sem vontade alguma de congregar.”
Infelizmente
o cenário em que vivemos é de igrejas que estão pregando coisas que não têm na
Bíblia, e pior, algumas até distorcem a Palavra de Deus para benefício próprio.
Como você mesmo disse, já teve uma conversa com os responsáveis da igreja local
e não adiantou nada; por isso tenho um conselho a lhe dar: Não permaneça numa
igreja que não tem compromisso com a Palavra de Deus.
Eu sei que as igrejas não
são completamente perfeitas, porém, se você já notou o que vem acontecido, já
tentou conversar e nada funcionou, a melhor opção é você procurar uma nova
igreja para congregar. E nesta procura você deve estar atenta aos seguintes
passos: Ore pedindo direção do Senhor; visite novas igrejas; e quando você
sentir algo em seu coração por uma igreja local, tenha uma conversa com o
pastor daquela igreja (de preferência marque um dia da semana para tal
conversa, e nunca depois de um culto) fazendo perguntas e principalmente sobre
as doutrinas e a raiz da igreja local; depois desta conversa ore a Deus para
que Ele confirme se é esta a igreja a qual você deve frequentar agora.

“Mas
ainda que nós ou um anjo do céu pregue um evangelho diferente daquele que lhes
pregamos, que seja amaldiçoado!” (Gálatas 1.8)

Espero
ter te ajudado nesta minha postagem. Se você viveu (ou vive) uma situação como
esta ou tem alguma dúvida, conte para mim deixando um comentário.
Meu
e-mail: abileneleite96@gmail.com
Gostou da postagem?! Então Comente! Para comentar é preciso estar seguindo o Blog!
6 thoughts on “Tô desanimada com a igreja.”
  1. Olá Danila,

    Não entendi o motivo pelo qual você precisa de frases com esse teor de assunto. Se sua igreja está parecendo de um desfile de moda, não é uma frase com indireta que vai mudar isso, pelo contrário, só piora a situação.

    "O tolo é aquela pessoa que está sempre pronta a entrar numa briga; além disso, ele sempre provoca brigas com suas palavras." (Provérbios 18.6)

    O que você tem que fazer é orar por essas vidas. E aconselhá-las: "Se o seu irmão pecar contra você, vá e, a sós com ele, mostre-lhe o erro. Se ele o ouvir, você ganhou seu irmão. Mas se ele não o ouvir, leve consigo mais um ou dois outros, de modo que ‘qualquer acusação seja confirmada pelo depoimento de duas ou três testemunhas’. Se ele se recusar a ouvi-los, conte à igreja; e se ele se recusar a ouvir também a igreja, trate-o como pagão ou publicano." (Mateus 18.15-17)

    Espero ter lhe ajudado! 😉

  2. estou atuando como missionário na revitalização de uma congregação e digo serio o desanimo aqui é uma coisa forte, desanimo a ponto de deixar de congregar, estou na fé. agradeço já pelo texto.

  3. Josimar, ser um missionário é um trabalho árduo que precisa de grande esforço, porque muitos tentam nos parar de fazer a obra de Deus. Mesmo que seja difícil, não desista, pois Deus tem uma grande recompensa para ti. Lembre-se de formar uma equipe de oração para que um ore pelo outro, para que quando um tiver desanimado, o outro possa estender a mão e o animar.
    Que Deus lhe abençoe grandemente!

  4. Na Igreja que eu frequento, a maioria esmagadora dos jovens e adolescentes tem vida sexual ativa quando estão namorando, muitos membros xingam, debocham das pregações, meu Pr. é homem de Deus, mas lá estão praticamente sem temor, profecia não existe mais, ninguém se atreve a expulsar um demônio quando acontece em visita nos lares algum manifestação e o segundo Pastor tá tentando de todo jeito derrubar meu Pastor, sem falar que esse segundo é dissimulado, arrogante e apoia uma família(toda de ministério e líderes) na Igreja que está destruindo várias vidas, espiritualmente falando. Sinceramente sair nunca é a melhor solução. Eu peço pelo amor de Deus oração e que Deus me dê direção, pois como eu, tem muita gente desanimada e outros voltando pro mundo.

  5. Infelizmente isso acontece em todas as igrejas assim como falado acima a igreja e feita de pessoas e elas são falhas. Enquanto a liderança ao meu ver deveria ser exemplo para todos, não desanime por conta das pessoas olhe somente para Jesus ele e o modelo. Se olhar para as pessoas enfraquecemos na caminhada. Ore a Deus e peça forças e paz no seu coração, se estiver dificil de suportar conheça outras igrejas mas não desanime.
    Que Deus te abençoe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *